Agora para que desenvolver o Compliance em sua empresa?

Pelos diversos benefícios, como os listados pelo link:

https://endeavor.org.br/pessoas/compliance/

Ganho de credibilidade por parte de clientes, investidores, fornecedores, etc;

  • Importante ferramenta para as empresas que buscam mercados externos;
  • Aumento da eficiência e da qualidade dos produtos fabricados ou serviços prestados;
  • Melhora nos níveis de governança corporativa;
  • Oferece prevenção (muitas empresas só pensam em Compliance quando já foram punidas por algum “desvio”, postura custosa ao caixa da organização).

Para que os passos do Compliance sejam seguidos e gerem os benefícios acima citados é importante que a alta gestão se envolva e se comprometa na execução, controle e apoio ao programa.

As micro e pequenas organizações usualmente não possuem bases de conformidade, por não terem condições financeiras para contratar advogados ou consultores de Compliance especializados, além de serem geridas por um corpo menor de funcionários e gestores, acreditando-se assim não necessitar de tantas normas e condutas pré-determinadas e escritas de forma clara.

As pequenas empresas mesmo que não possuam orçamento para o desenvolvimento de um setor específico ou profissionais específicos para se responsabilizarem pelo controle e criação dos manuais e relatórios de risco e conformidade, os gestores podem desenvolver esses controles inicialmente contando com suas expertises em relação ao negócio e podendo contar com o auxílio de seu contador que tem o dever de se manter atualizado com as mudanças de legislação fiscais, contábeis e trabalhistas de forma tempestiva e incisiva.

Por fim, é importante ressaltar que não se deve menosprezar as regras e leis, visto que a taxa de mortalidade das empresas é alta, por em sua maioria terem falhas em gestão, controle e adequação as normas legais que na maior parte dos casos geram grandes dívidas governamentais ou fluxo de caixa negativo, impedindo o crescimento ou até a manutenção das atividades.

Então fica o questionamento, por onde você iniciará o Compliance em sua empresa?

Graduada em ciências contábeis pela UFPB, pós graduanda em direito tributário pela ESB. Diretora comercial da RC Assessoria Contábil e Empresarial, empresa especialista em soluções contábeis, fiscais, trabalhistas e paralegais para os segmentos de comércio, serviço e construção civil. Ex presidente e atual conselheira da Contabilis, empresa júnior de ciências contábeis da UFPB.